13 de out de 2008

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Projeto
Consumo Consciente

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

APRESENTAÇÃO
Projeto de Pesquisa desenvolvido com os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Profº Nandi, no Bairro Desvio Rizzo, no município de Caxias do Sul.
Com este projeto pretendemos desenvolver atividades que venham contribuir para a conscientização dos alunos e da comunidade, em relação aos efeitos da ação humana na natureza, sabendo que estas estão se refletindo em todo o planeta.
Pensamos ser relevante colocar em debates nossas ações em relação a maneira como estamos consumindo. Em uma época em que catástrofes naturais são cada vez mais freqüentes e devastadoras. As diversas nações do planeta começam a se importar com as conseqüências da industrialização acelerada notada no último século. A emissão de gases poluentes na atmosfera, apenas uma das várias ações do homem que vêm modificando a natureza, além de contribuir para o aquecimento global, traz inúmeros problemas de saúde para moradores de grandes cidades, onde se concentra mais da metade da população mundial.
A natureza vem sendo transformada pelo homem que destrói e contribui na maioria das vezes com a extinção de espécies animais e vegetais existentes no planeta, também colabora através de práticas inconseqüentes para a poluição do ar, do solo e principalmente da água. Nossa vida está integrada ao meio ambiente, por isso se este estiver sendo negligenciado, com ele está sendo destruída principalmente a vida que inclui, o nosso bem estar e o de todos os seres vivos, conseqüentemente, o futuro deste planeta.
Neste sentido, busca-se formar cidadãos que olhem e vejam a realidade, que a compreendam e tenham capacidade para criticá-la, que se preocupem com o destino coletivo e saibam se posicionar diante dos desafios do mundo. Acreditamos que uma nova consciência planetária deve começar nas escolhas concretas que fazemos em nossas ações diárias. Acreditamos que, são os pequenos gestos que geram grandes transformações - Consumir sim, sem consumir o mundo em que vivemos.

JUSTIFICATIVA

A questão ambiental nos últimos anos tem ocupado o cotidiano das pessoas, das empresas e de expressivos segmentos da sociedade do mundo inteiro. Movimentos organizados têm surgido nos mais diversos países com preocupação exclusiva de proteger o meio ambiente e conscientizar outras parcelas da sociedade civil a respeito da esgotabilidade dos recursos naturais. A cada ano que passa, o consumo da humanidade supera mais rapidamente a capacidade de regeneração do planeta.
Os desequilíbrios ambientais causados pelo homem trouxeram prejuízos imensuráveis ao Meio Ambiente e à saúde dos homens e animais. Conviver de maneira harmoniosa, ou seja, dentro de um desenvolvimento sustentável é o grande desafio da humanidade.
Através da educação, podemos contribuir para construir uma consciência e acima de tudo uma atitude frente a tudo isso.
A criança, assim como o adolescente, representa a esperança do amanhã. São eles que, se bem preparados, terão o poder de transformar o dia-a-dia de desigualdades, individualismo, violência e exclusão em um futuro no qual a democracia e a solidariedade serão respeitadas e propagadas continuamente. O sistema escolar é, na verdade, o protagonista principal das ações de educação ambiental; no entanto, se reconhece a necessidade de ampliar essa responsabilidade para os diferentes setores da sociedade.
Com este projeto, pretende-se sensibilizar o aluno em relação aos problemas ambientais, mostrando que o futuro está em suas mãos podendo, de acordo com suas atitudes, melhorar ou piorar o ar que respiramos, a água que bebemos e o ambiente em que vivemos.


OBJETIVO GERAL
Proporcionar diferentes momentos de reflexão, tendo como objetivo sensibilizar e formar um caráter crítico nos alunos participantes do projeto, frente aos problemas decorrentes da interferência e desrespeito do homem com relação ao Meio Ambiente. Entre estes problemas estão os impactos negativos provocados pelo consumo exagerado que vão desde a extração de matérias-primas utilizadas na produção, até ao destino dos resíduos que não são mais considerados úteis para o consumo. Além de mostrar aos alunos, a necessidade de reduzir o consumo, o trabalho também visa o desenvolvimento de técnicas de reaproveitamento dos resíduos que são produzidos, ainda que em menor quantidade, e que a comunidade não dá a devida atenção, para que a comunidade tenha um ambiente mais limpo e agradável.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
· Discutir sobre os conceitos de consumo e consumismo e sua diferenciação, bem como a reflexão de nossas práticas cotidianas e a análise das conseqüências relacionadas aos nossos hábitos de consumo.
· Estimular a reflexão interdisciplinar sobre as relações entre produção, consumo e meio ambiente.
· Promover no aluno mudanças de hábitos em relação o consumo, visando desenvolver a responsabilidade com o meio ambiente;
· Sensibilizar a comunidade escolar, visando estimular a participação e o envolvimento com vistas à construção da cidadania ambiental.
· Levar a comunidade a adotar posturas ambientalmente corretas, no que se refere ao consumismo, que os levem a interações construtivas, justas e ambientalmente sustentáveis.
· Contribuir para a preservação do meio ambiente no qual estamos inseridos;
· Conscientizar o alunos da necessidade de separação do lixo em casa para a reciclagem;
· Desenvolver mudanças nos padrões culturais e de consumo, no modo de produção e nas condições de vida.
· Conscientizar sobre a importância da água para manter a vida no planeta, além de buscar meios para economizar e usá-la racionalmente.
· Mostrar que os impactos de seus atos de consumo retornam a ele mesmo, seja na economia, na sociedade ou no meio ambiente.
· Refletir sobre as reais necessidades e procurar viver com menos embalagens.
· Avaliar constantemente os princípios que guiam suas escolhas e seus hábitos de consumo.
· Levar em consideração meio ambiente e a sociedade em suas escolhas de consumo.
· Incentivar a não utilização de descartáveis geram lixo e demoram a se decompor.
· Conscientizar e informar aos alunos sobre como somos afetados pelos desmatamentos sobre os principais impactos sobre os meios físico, biótico e sócio-econômico, bem como as medidas para minimizar esses impactos.

AÇÕES A SEREM EXECUTADAS

ANTES DA PESQUISA

Promover palestras relacionadas ao tema como:

  • Efeitos da propaganda sobre o consumo.
  • Consumo de água,
  • Reciclagem de embalagens,
  • Corpo de bombeiros ( efeitos das queimadas no meio ambiente);
  • Problemas ambientais globais, com priorização dos problemas ambientais
    locais relacionados ao descuido com o meio ambiente, ( SMMA);
  • A sociedade do consumo e a satisfação de necessidades, criação de valor e utilidade,( com psicólogo);
  • Montagem de um mural com os materiais e seu tempo de decomposição;
  • Visitar os Caminhos do Lixo e os Recursos Hídricos;
  • Produção artística com a temática ambiental ( painéis, folder, calendários),
  • Fazer uma tabela para controlar o uso diário de descartáveis na cozinha da escola;
  • Criar logo do grupo ( utilizar no crachá, na camiseta, em folders);
  • Criar crachá – ( será utilizado nas saídas para entrevistas);
  • Fazer camisetas para divulgar projeto.

DEPOIS DA PESQUISA

  • Fazer e distribuir na comunidade foldres a fim de conscientizar a comunidade a respeito da importância:

- Reflorestamento e da arborização urbana;

- Sobre a importância dos 5R;

- Para incentivar a usar produtos biodegradáveis, diminuindo o
consumo de PETS e plásticos.

  • Organizar a “Patrulha da limpeza”.
  • Curso sobre Reaproveitamento de Alimentos;
  • Oficina de sucata;
  • Plantio de árvores no pátio e entorno da Escola;
  • Peça de teatro: Seja consciente, consuma racionalmente!
  • Montar grupo para mobilizar seus familiares, amigos e pessoas mais próximas disseminando informações, valores e práticas do consumo consciente;
  • Encaminhar aos governantes propostas e ações que viabilizem e aprofundem a prática do consumo consciente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário